Gustavo Blanco é o capitão da Seleção CCF da 10ª rodada

05/06/2018 - 14:08

Mas de novo? O que está acontecendo? A escalação da rodada passada rendeu belos 119.02 pontos e estou recuperando a boa forma da Seleção CCF. Aos poucos vamos crescendo, e você vem com a gente!

Nessa 10ª rodada a base já está montada e, certamente, caso você seja um cartoleiro que vem aqui toda rodada, já sabe quais jogadores estarão escalados haha. Já para você que é novo, não se espante, apenas mite. Vamos conferir então como vai a campo para a 10ª rodada a seleção:

Fábio aparece pela primeira vez como goleiro do quadro. O arqueiro cruzeirense tem a melhor média de pontos da sua posição e, nessa rodada, deverá ficar com o saldo. Além disso, uma ou outra defesa pode ser praticada.

Zaga de peso está formada com Balbuena e Dedé. Aqui não tem segredo, pessoal. São os dois zagueiros mais escalados da rodada, já que suas equipes são favoritas, jogam em casa, ambos têm chance de permanecer com o saldo e ainda são bons cabeceadores.

Nino Paraíba e Egídio ficam nas laterais. O primeiro é um dos jogadores que sempre que está como provável faço questão de escalar. Possui uma ótima média de pontos e é mito demais nas roubas de bola. Caso fique com o saldo diante do Paraná, pode preparar a mitada. O outro lateral, Egídio, é unanimidade e deve corresponder nessa rodada.

Meio-campo simples e regular: Gustavo Blanco, Lucas Paquetá e Anselmo. Já estou cansado de falar sobre Blanco e Paquetá, afinal, eles aparecem aqui em praticamente todas as rodadas. São jogadores que, independentemente do confronto, são ótimas opções sempre. Super regulares e essenciais às suas equipes. Vale destacar que nessa rodada ambos jogarão clássicos, ou seja, podem ser peças fundamentais nesses jogos. Fecho o setor com Anselmo, jogador que, assim como os outros dois citados, é muito regular, ataca bem e defende melhor ainda. Blanco fica com a faixa porque pode pintar lei do ex.

Neilton, Everton e Róger Guedes formam o ataque. Aqui nada de surpresas também, os três nomes estão entre os mais escalados. Neilton entra na equipe porque o Vitória costuma marcar mais de um gol por jogo quando joga em casa. Everton não enfrenta uma defesa frágil, porém, sempre que joga em casa é ótima opção. Fiquem ligados que posso trocar ele por algum outro nome. Por último, mas não menos importante temos Róger Guedes, o artilheiro da competição.

Mano Menezes ficará no banco.

CCFnas redes sociais