Róger Guedes é o capitão da Seleção CCF na 12ª rodada

12/06/2018 - 16:21

Voltei, amigos! Depois de fazer mais de 90 pontos na 11ª rodada, o que foi uma excelente pontuação, estou de volta para trazer para vocês a escalação da 12ª rodada.

Lembrando que essa é a última rodada antes da pausa para a Copa do Mundo, então eu quero mitar para que, quando voltar da Copa, consiga continuar indo bem aqui com a seleção. Sem muito enrolação, veja abaixo a escalação para a 12ª rodada:

Thiago Rodrigues será o goleiro, já que os goleiros que tenho escolhido para escalação andam indo muito mal. O arqueiro do Paraná dificilmente negativa no game e jogará contra uma equipe que faz poucos gols fora de casa, podendo ficar com o saldo. Aposta de risco.

Víctor Cuesta e Rodrigo Moledo são os zagueiros. Resolvi colocar os dois zagueiros do Internacional, pois, caso fiquem com o saldo, vão mitar. Dedé seria uma opção, mas não acho unanimidade nessa rodada. Bremer, do Atlético-MG, poderia substituir um dos dois zagueiros escalados.

Nas laterais conto com Éder Militão e Nino Paraíba. O primeiro é um jogador que tem sido a válvula de escape do São Paulo na temporada e acredito que contribuirá com uma assistência nessa rodada. Já o segundo é um nome muito regular que pode ficar com o saldo perante o fraco ataque do Corinthians.

Meio-campo caseiro: Gustavo Blanco, Serginho e Diego Souza. Blanco é unanimidade da rodada, visto que o Atlético-MG joga contra o fraco Ceará. Serginho é uma ótima opção sempre que joga em casa e, como nessa rodada enfrentará a fraca visitante Chapecoense, o jogador tem tudo para garantir boa pontuação. Fecho com Diego Souza, que não deve ter dificuldades para balançar as redes.

Róger Guedes, Ricardo Oliveira e Pedro são os atacantes. A dupla do Atlético-MG é unanimidade devido à fragilidade da zaga adversária e por isso não hesitei em escalá-los. Junto deles tem Pedro, o homem gol do Fluminense. A faixa fica com Róger Guedes.

Thiago Larghi é o técnico. Escolha óbvia.

CCFnas redes sociais