Técnico do Internacional diz que questão psicológica vai pesar na escalação contra o Fluminense

05/12/2016 - 17:43

Rafael Ruiz

No próximo domingo, o Internacional vai decidir a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro, contra o Fluminense, no Maracanã. Contudo, após a queda do avião em que estava a delegação da Chapecoense, os atletas ficaram abatidos com a situação. Por conta disso, o técnico Lisca vai definir a equipe com base na parte psicológica de cada um.

Em entrevista, o comandante afirmou que caso algum jogador não tenha condição de atuar no próximo final de semana, está liberado: "O sentimento deles é de tristeza, mas falei que a vida segue. Temos nossos compromissos. Eu tenho que prepará-los. A cabeça já estava difícil pela situação na tabela. Farei o meu melhor. Estou observando o estado anímico dos jogadores, quem ainda tem motivação para a partida. Quem não estiver à vontade, não participará. Eles podem expressar sua posição.”

Durante a semana passada, o elenco treinou normalmente com a seguinte formação: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Anselmo, Rodrigo Dourado, Anderson e Valdívia; Vitinho e Nico López.

O meio campista Seijas recebeu o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão automática na próxima partida. Para atuar em seu lugar, o técnico Lisca pode contar com o Valdívia.

Com 42 pontos, o Internacional ocupa a 17º posição do Campeonato Brasileiro. Na próxima partida, a equipe gaúcha enfrenta o Fluminense, no Maracanã, em partida válida pela 38º rodada da competição nacional.

CCFnas redes sociais